Publicidade
1xbet

melhor probiótico

Os 10 Melhores Probióticos em 2023 (Vitafor, Now Foods e Mais)

Os probióticos têm ganhado cada vez mais destaque e popularidade devido aos seus inúmeros benefícios para a saúde. Essas bactérias benéficas, encontradas naturalmente em nosso intestino, desempenham um papel fundamental em nosso bem-estar. Além de melhorar a saúde intestinal, os probióticos podem ser aliados poderosos no combate e tratamento de diversas doenças. No entanto, para usufruir de todos esses benefícios, é essencial escolher produtos de alta qualidade.

Neste artigo, vamos apresentar informações detalhadas sobre os melhores probióticos disponíveis no mercado em 2023. Nosso objetivo é ajudá-lo a tomar uma decisão informada na escolha do probiótico que melhor atenda às suas necessidades. Analisaremos as opções de marcas de renome, como Now Foods, Vitafor e Healthy Origins. Continue lendo para conhecer as melhores escolhas e aprimorar sua saúde intestinal.

O Que São Probióticos e Qual a Sua Importância?

Os probióticos são microrganismos vivos, como bactérias e leveduras, que oferecem benefícios significativos à saúde quando consumidos em quantidades adequadas. Esses microorganismos desempenham um papel fundamental em diversos aspectos do nosso bem-estar. Aqui estão alguns dos principais benefícios associados ao consumo de probióticos:

1. Equilibram a Flora Intestinal

Os probióticos atuam diminuindo a concentração de bactérias prejudiciais e microrganismos nocivos no intestino, promovendo um ambiente intestinal mais saudável.

2. Auxiliam na Desintoxicação

Eles desempenham um papel crucial na desintoxicação, ajudando o corpo a eliminar metais pesados e outras toxinas prejudiciais.

3. Melhoram a Digestão

Os probióticos são conhecidos por melhorar a digestão e aliviar problemas como azia. Eles também ajudam a regular o funcionamento do intestino, reduzindo a constipação ou diarreia.

4. Digestão da Lactose

Muitos probióticos auxiliam na digestão da lactose, tornando-os ideais para pessoas com intolerância a essa proteína.

5. Reforçam o Sistema Imunológico

Os probióticos fortalecem o sistema imunológico, aumentando a produção de células de defesa do organismo.

6. Prevenção e Tratamento de Doenças do Trato Digestivo

Eles são ótimos aliados na prevenção e tratamento de doenças do trato digestivo, como colite e síndrome do intestino irritável.

7. Aumentam a Absorção de Nutrientes

Os probióticos promovem a absorção de nutrientes essenciais, como as vitaminas do complexo B e o cálcio.

8. Reduzem Candidíase e Infecções do Trato Urinário

O consumo regular de probióticos pode ajudar a reduzir a incidência de candidíase de repetição e infecções no trato urinário.

É importante ressaltar que, embora os probióticos possam ser encontrados em alimentos naturais, como iogurte e kefir, a suplementação com probióticos em cápsulas, flaconetes ou sachês pode oferecer uma maneira prática e segura de cuidar da saúde intestinal.

Os 10 Melhores Probióticos em 2023

Healthy Origins Probiótico 30 Bilhões de UFCs (Cápsula)

  • Tipo: Cápsula
  • Cepas Bacterianas: 8
  • Dose Diária: 1 a 2 cápsulas
  • UFC por Dose: 30 bilhões
  • Liofilizado: Sim
  • Vegano: Sim
  • Componentes Extras: Inulina
  • Quantidade: 60 cápsulas

Now Foods Probiótico Now Foods Probiotic 10 (Cápsula)

Probiótico 10 50 Billion 50 Veg capsulas – Now Foods

  • Probiotic-10 da NOW oferece um espectro equilibrado de 10 organismos vivos de cepas bacterianas probióticas resistentes a ácidos, conhecidas por colonizarem seu trato gastrointestinal naturalmente. Bactérias probióticas são críticas para uma digestão saudável e ajudam a manter a integridade do trato intestinal, apoiar a motilidade intestinal adequada e participar do processo de desintoxicação. O Probiotic-10 usa cepas bacterianas que foram clinicamente comprovadas a apoiar a funç

  • Tipo: Cápsula
  • Cepas Bacterianas: 10
  • Dose Diária: 1 a 2 cápsulas
  • UFC por Dose: 25 bilhões
  • Liofilizado: Não
  • Vegano: Não
  • Componentes Extras: Não
  • Quantidade: 50 cápsulas

Puritan’s Pride Probiotic 10 (Cápsula)

Probiótico 20 Bilhões 120 Cps – Puritans – Melhor Que Pb8

  • Ajuda a manter uma digestão saudável e a saúde intestinal ** Suporta função imunológica saudável ** Mais de 20 bilhões de culturas probióticas vivas no momento da fabricação e 10 cepas probióticas em uma cápsula conveniente Contém um suprimento de dois meses de cápsulas fáceis de engolir
  • Tipo: Cápsula
  • Cepas Bacterianas: 10
  • Dose Diária: 2 cápsulas
  • UFC por Dose: 20 bilhões
  • Liofilizado: Não
  • Vegano: Não
  • Componentes Extras: Inulina
  • Quantidade: 120 cápsulas

Nutrition Now Probiótico Nutrition Now PB8 (Cápsula)

  • Tipo: Cápsula
  • Cepas Bacterianas: 8
  • Dose Diária: 2 cápsulas
  • UFC por Dose: 14 bilhões
  • Liofilizado: Não
  • Vegano: Não
  • Componentes Extras: Não
  • Quantidade: 120 cápsulas

Vitafor Probiótico Simfort Vitafor (Cápsula)

PROMOÇÃO
Vitafor – SIMFORT 30 SACHÊS DE 2g

  • Produto com cinco cepas de microrganismos probióticos que agem em sinergia, trazendo diversos benefícios ao organismo
  • Em sua fórmula contém microorganismos liofilizados e altamente concentrados, eficazes na recomposição da flora intestinal
  • Os Lactobacillus acidophilus, Lactobacillus casei, Lactococcus lactis, Bifidobacterium bifidum e Bifidobacterium lactis contribuem para o equilibro da flora intestinal
  • Cepas liofilizadas (processo que dispensa o acondicionamento em geladeira)
  • Tipo: Cápsula
  • Cepas Bacterianas: 10
  • Dose Diária: 1 a 2 cápsulas
  • UFC por Dose: 25 bilhões
  • Liofilizado: Não
  • Vegano: Não
  • Componentes Extras: Não
  • Quantidade: 50 cápsulas

FQM Probiótico Sachê Probiatop (Sachê em Pó)

  • Tipo: Sachê em Pó
  • Cepas Bacterianas: 5
  • Dose Diária: 1 sachê
  • UFC por Dose: 5 bilhões
  • Liofilizado: Sim
  • Vegano: Não
  • Componentes Extras: Não
  • Quantidade: 30 sachês

Vitafor Probiótico Simcaps Vitafor (Cápsula)

PROMOÇÃO
Vitafor – Simcaps Pote Com 30 Cápsulas

  • Mix de probióticos (microrganismos vivos) em cápsulas que propicia diversos benefícios à saúde do intestino; ajuda no equilíbrio da microbiota intestinal; não precisa ser conservado em geladeira
  • Substâncias Bioativas e Probióticos Isolados com Alegação de Propriedade Funcional e ou Saúde
  • Os Frutooligossacarídeos (FOS), Lactobacillus acidophilus e Bífidobacterum lactis contribuem para o equilibro da flora intestinal; resistente ao pH do estômago
  • Cor do produto: Branco
  • Tamanho do produto: 30 Contagem (Pacote de 1)
  • Tipo: Cápsula
  • Cepas Bacterianas: 10
  • Dose Diária: 1 a 2 cápsulas
  • UFC por Dose: 25 bilhões
  • Liofilizado: Não
  • Vegano: Não
  • Componentes Extras: Não
  • Quantidade: 50 cápsulas

Safoni Probiótico Safoni Enterogermina (Cápsula)

PROMOÇÃO
Enterogermina Probiótico, 10 unidades de 5 ml

  • Pronto para beber
  • Fácil de tomar
  • Promove o equilíbrio prolongado da flora intestinal*¹-²
  • Proporciona equilíbrio da flora intestinal¹
  • Sem açúcar e sem gosto³
  • Tipo: Cápsula
  • Cepas Bacterianas: 2
  • Dose Diária: 2 cápsulas
  • UFC por Dose: 2 milhões
  • Liofilizado: Não
  • Vegano: Não
  • Componentes Extras: Frutooligossacarídeos
  • Quantidade: 30 cápsulas

Naturalis Probiótico Naturalis Duobalance (Cápsula)

  • Tipo: Cápsula
  • Cepas Bacterianas: 4
  • Dose Diária: 2 cápsulas
  • UFC por Dose: 4 bilhões
  • Liofilizado: Não
  • Vegano: Não
  • Componentes Extras: Não
  • Quantidade: 15 cápsulas

Nature’s Bounty Probiótico Acidophilus (Cápsula)

  • Tipo: Cápsula
  • Cepas Bacterianas: Não especificado
  • Dose Diária: 1 cápsula
  • UFC por Dose: Não especificado
  • Liofilizado: Não
  • Vegano: Não
  • Componentes Extras: Não
  • Quantidade: 30 cápsulas

Escolhendo o Melhor Probiótico

A escolha do melhor probiótico é essencial para garantir que você obtenha todos esses benefícios. Aqui estão algumas considerações importantes a ter em mente ao escolher um probiótico:

1. Forma de Apresentação

Os probióticos estão disponíveis em várias formas, como cápsulas, comprimidos, líquidos ou em pó. A escolha da forma de apresentação depende da sua rotina e preferências. As cápsulas e comprimidos são convenientes para quem tem um estilo de vida agitado, enquanto o líquido ou o pó podem ser misturados em alimentos ou bebidas.

2. Diversidade de Cepas Bacterianas

A diversidade das cepas bacterianas é importante. Procure por probióticos que contenham uma variedade de cepas, pois isso pode aumentar a eficácia do suplemento. Cada cepa bacteriana pode ter benefícios específicos, por isso é essencial escolher um probiótico que atenda às suas necessidades.

3. Dosagem Diária e UFC por Dose

Verifique a dosagem diária recomendada pelo fabricante e a quantidade de unidades formadoras de colônia (UFC) por dose. A recomendação geral é consumir pelo menos 2 bilhões de UFC por dia, mas essa quantidade pode variar dependendo do produto. Esteja atento aos efeitos adversos, pois algumas pessoas podem experimentar desconfortos gástricos com doses maiores.

4. Liofilização

A liofilização é um processo de secagem que mantém as bactérias probióticas vivas em temperatura ambiente. Optar por probióticos liofilizados pode ser uma escolha inteligente, pois eles não exigem refrigeração e mantêm sua viabilidade.

5. Probióticos Veganos

Se você é vegano ou vegetariano, verifique se o probiótico é compatível com sua dieta. Alguns probióticos são cultivados em lactose, enquanto outros são cultivados em açúcares vegetais, como maltodextrina ou fruto-oligossacarídeos.

6. Componentes Extras

Alguns probióticos incluem componentes extras, como prebióticos e outros ingredientes benéficos, que podem potencializar os benefícios. Verifique se o produto escolhido possui esses componentes, caso esteja em busca de um tratamento mais completo.

7. Custo-Benefício

Avalie o custo-benefício do produto, considerando a quantidade de bactérias por dose e a quantidade de produto na embalagem. Essa análise ajudará você a escolher a opção mais adequada às suas necessidades e orçamento.

PROBIPLUS PROBIÓTICO COM 30 CÁPSULAS

  • Probiótico composto por Lactobacillus acidophilus
  • Contribui para o equilíbrio da flora intestina
  • Mini cápsulas acidorresistentes
  • Produto Vegano
  • Zero lactose e zero glúten

Como Tomar Probióticos?

Para tomar probióticos de maneira eficaz, existem algumas recomendações gerais:

  1. Horário: É sugerido tomar probióticos à noite, antes de dormir. Isso porque, durante a noite, o trânsito intestinal diminui, permitindo que os probióticos tenham mais tempo em contato com o intestino, o que pode favorecer uma colonização mais eficaz dos micro-organismos benéficos.
  2. Fontes de Probióticos: Você pode ingerir probióticos naturalmente através do consumo de alimentos fermentados que contêm essas culturas vivas, como iogurte e kefir. É recomendado consumir pelo menos um alimento fonte de probióticos por dia, o que é especialmente importante durante e após o uso de antibióticos, que podem danificar a flora intestinal.
  3. Suplementos: Se optar por suplementos de probióticos, estes vêm em diversas formas, como cápsulas, sachês, líquidos e pós. A quantidade diária recomendada para um adulto é de cerca de 5 bilhões de unidades formadoras de colônia (UFC) por dia, mas essa dosagem pode variar dependendo do produto específico.

É importante lembrar que a forma e o horário de consumo podem variar de acordo com as instruções específicas do produto que você está usando e suas necessidades individuais de saúde. Por isso, é sempre bom consultar um profissional de saúde ou seguir as instruções fornecidas pelo fabricante do probiótico escolhido.

Probiótico Emagrece?

Probióticos são conhecidos por seus benefícios à saúde intestinal e imunológica, mas quando se trata de emagrecimento, a questão é mais complexa. Alguns estudos sugerem que os probióticos podem ajudar a emagrecer e controlar a ansiedade, que indiretamente pode contribuir para a perda de peso ao reduzir o comportamento alimentar desordenado relacionado ao estresse. No entanto, é importante destacar que não existe evidência científica sólida que confirme que os probióticos por si só são eficientes na perda de peso. O perfil da microbiota intestinal de pessoas magras costuma ser diferente do de pessoas com obesidade, mas a relação direta entre a ingestão de probióticos e a perda de peso ainda não está claramente estabelecida.

Mesmo assim, algumas pesquisas apontam que os probióticos podem influenciar a quantidade de calorias absorvidas dos alimentos, os níveis de hormônios e proteínas relacionados ao apetite e ao armazenamento de gordura, além de potencialmente reduzir a inflamação, um fator conhecido por contribuir para a obesidade. Existem cepas específicas de probióticos, como o Lactobacillus Gasseri e o Bifidobacterium Animalis, que foram associadas à perda de peso e à redução de marcadores inflamatórios.

Incluir probióticos como parte de uma rotina saudável, que inclui uma dieta equilibrada e exercício físico, pode ajudar a fortalecer o organismo, melhorar a microbiota intestinal e auxiliar no bom funcionamento dos processos metabólicos, que são aspectos importantes na perda de peso. Contudo, é crucial notar que nem todos os probióticos podem ajudar com a perda de peso e alguns até podem levar ao ganho de peso, dependendo da cepa e da resposta individual de cada pessoa.

Portanto, os probióticos podem ser um complemento útil em uma estratégia de emagrecimento, mas não devem ser vistos como uma solução isolada. Eles funcionam melhor quando integrados a um estilo de vida saudável e equilibrado.

Quem Toma Probiótico pode Beber?

A ingestão de bebidas alcoólicas não é recomendada em conjunto com o uso de probióticos. Embora não haja uma proibição estrita, as orientações tendem a sugerir que a mistura pode não ser benéfica e, em alguns casos, pode levar a efeitos colaterais. De acordo com o portal GuiadaFarmacia, a utilização conjunta de álcool e probióticos não é recomendada. O site WorldsBest.Rehab alerta que nunca é aconselhável misturar álcool e probióticos devido às possíveis chances de efeitos colaterais, que podem variar de leves a graves.

Além disso, para que os probióticos tenham a colonização mais efetiva no intestino, é importante ter uma alimentação adequada, o que inclui não ingerir bebidas alcoólicas, bem como evitar conservantes, corantes, embutidos, doces em excesso e gorduras. Portanto, se deseja maximizar os benefícios dos probióticos, é melhor evitar o consumo de álcool.

melhores probióticos para intestino

Quem Pode Usar Probiótico? E Quem não Pode?

Probióticos são geralmente considerados seguros para a maioria das pessoas. No entanto, existem situações específicas em que seu uso pode não ser recomendado ou deve ser feito com cautela:

  1. Pessoas com o Sistema Imunológico Comprometido: Indivíduos hospitalizados com o sistema de defesa gravemente comprometido, como por exemplo, devido a doenças graves, não devem tomar probióticos. Isso inclui pacientes em risco de choque ou em situações limítrofes.
  2. Pacientes em Tratamentos Específicos: Aqueles com doenças graves, pacientes com HIV, pessoas que passaram por cirurgias recentes ou que estão em quimioterapia também apresentam riscos maiores ao tomar probióticos e devem ter cuidado ao usá-los.
  3. Pacientes Oncológicos: Embora pacientes com câncer e problemas de absorção de nutrientes e diarreia possam ser beneficiados pelo uso de probióticos, é importante que o uso seja bem indicado e acompanhado por especialistas, podendo ser inclusos até em tratamentos na UTI.

Para a maioria das outras pessoas, os probióticos podem ser consumidos sem problemas significativos, sempre levando em conta as dosagens e indicações fornecidas pelos fabricantes ou profissionais de saúde. É sempre recomendado consultar um médico ou nutricionista antes de iniciar o uso de probióticos, especialmente se você tiver condições de saúde pré-existentes ou estiver tomando outros medicamentos.

Crianças Podem Tomar Probióticos?

Sim, crianças podem tomar probióticos. Não existem contraindicações conhecidas para a inclusão de alimentos probióticos na dieta de crianças e eles podem ser introduzidos a qualquer momento do dia, inclusive na alimentação dos mais pequenos. Vários estudos científicos apontam que os probióticos podem trazer diversos benefícios para as crianças, especialmente em casos de diarreia, cólicas intestinais intensas ou condições inflamatórias intestinais.

A partir dos dois anos de idade, a microbiota intestinal das crianças tende a ficar estável, mas em determinados momentos, pode haver desequilíbrios. Nesses casos, o uso de probióticos naturais pode ser uma solução para ajudar a restabelecer o equilíbrio. Além disso, os probióticos podem ser recomendados para crianças em fórmulas específicas para o público infantil, podendo ajudar a melhorar condições de saúde como cólicas, refluxo, eczema ou diarreia associada ao uso de antibióticos.

Diferentes tipos de microrganismos probióticos podem ajudar a melhorar a função intestinal, diminuindo problemas como prisão de ventre, melhorando a consistência das fezes e reduzindo a dor abdominal em crianças, além de prevenir a ocorrência de outras condições como diverticulite e hemorroidas. No entanto, é importante consultar um pediatra antes de iniciar qualquer suplementação com probióticos para garantir que seja seguro e benéfico para a saúde da criança.

melhor probiótico

Perguntas Frequentes sobre Probióticos

Qual é o melhor probiótico do mercado?

O mercado oferece uma variedade de probióticos considerados eficazes, com diferentes cepas e concentrações de UFC (Unidades Formadoras de Colônia). Segundo o site MyBest, os melhores probióticos em 2023 incluem marcas como Healthy Origins, Now Foods Probiotic 10, Puritan’s Pride Probiotic 10, Nutrition Now PB8 e Vitafor Simfort Vitafor.

Quais são os probióticos mais usados?

Os probióticos mais comuns e amplamente usados incluem cepas de Lactobacillus, como Lactobacillus acidophilus, que é encontrado em iogurtes e outros produtos fermentados e ajuda na digestão da lactose. Outros incluem Bifidobacterium lactis, que contribui para a saúde digestiva, Bifidobacterium bifidum, que ajuda a manter o equilíbrio da flora intestinal, Lactobacillus casei, com propriedades anti-inflamatórias, e Lactobacillus rhamnosus, que auxilia na prevenção de diarreias.

Qual o melhor probiótico para desinflamar o intestino?

Para a desinflamação intestinal, o site Laboratorios Niam sugere que certas estirpes probióticas são benéficas para distúrbios como a diarreia associada a infecções, diarreia decorrente do uso de antibióticos e Síndrome do Intestino Irritável. No entanto, é importante consultar um profissional de saúde para obter a estirpe específica e a dosagem adequada para cada condição.

Pode tomar probiótico por quanto tempo?

O período de ingestão de probióticos pode variar de acordo com os objetivos desejados. O site Tua Saúde indica que o tempo recomendado é geralmente de 4 semanas, mas isso pode ser adaptado conforme a resposta individual, podendo chegar até 3 meses ou mais. Além disso, alguns podem optar por um consumo contínuo para manutenção da saúde intestinal. Já o site Onsalus menciona que os probióticos podem ser tomados por um período ilimitado de tempo, especialmente se a intenção for melhorar a saúde intestinal de forma contínua ou em resposta a um tratamento específico.

Conclusão

Probióticos são microrganismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde do hospedeiro. Eles são comumente encontrados em alimentos fermentados como iogurte e kefir, ou disponíveis como suplementos. Os benefícios dos probióticos são variados, incluindo a melhoria da saúde intestinal, o fortalecimento do sistema imunológico e, potencialmente, a ajuda na perda de peso e no controle da ansiedade.

Embora geralmente sejam seguros para a maioria das pessoas, incluindo crianças, existem circunstâncias em que o uso de probióticos deve ser feito com cautela. Isso é particularmente relevante para indivíduos com o sistema imunológico comprometido, pacientes hospitalizados em condições críticas, aqueles com doenças graves ou que estão sob tratamentos que afetam o sistema imunológico, como a quimioterapia.

Ao considerar o uso de probióticos, deve-se também levar em conta a interação com o consumo de álcool, que geralmente não é recomendado. Para garantir a eficácia e a segurança dos probióticos, é importante seguir as dosagens recomendadas e consultar profissionais de saúde para uma orientação adequada, especialmente em casos de condições de saúde específicas ou ao usar outros medicamentos.

Em suma, os probióticos representam uma adição promissora ao campo da nutrição e da medicina preventiva, mas seu uso deve ser personalizado e consciente, respeitando as recomendações e contraindicações existentes.

Vídeos Relacionados

6 Melhores Probióticos para saúde

Por fim, deixe seu comentário!

Last update on 2024-04-19 / Affiliate links / Images from Amazon Product Advertising API


Publicado

em

por

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *